HISTÓRIA DOS JUMENTOS

O jumento é um animal muito conhecido e utilizado em todo o Brasil. Tradicionalmente utilizado para o transporte de carga e para tração, é um animal que se adapta muito bem à montaria, sendo, muitas vezes, mais indicado que os cavalos para certos trajetos.

É um animal bastante rústico e resistente. Quando há o cruzamento com uma égua ou o cruzamento de uma jumenta com um cavalo, obtemos como resultado os muares. No Brasil, as principais raças encontradas são:

- Jumento Nordestino - chamado de jegue, é utilizado desde o sul da Bahia até o Maranhão, sendo encontrado, também na região Centro-Oeste. É um animal pouco musculoso, se comparado à outras raças, mas é muito resistente e utilizado para montaria e para o transporte de carga. Sua altura pode variar de 90cm até 1,10m.

- Jumento Pega - Raça tradicional do sul do Estado de Minas Gerais, alcança até 1,30m de altura, é bastante rústico e, além de ser utilizado para carga e montaria, também é muito usado na tração. Pode apresentar pelagem cinza, ruça (branco-sujo) ou avermelhada.

- Jumento Paulista - Esta raça que, como o nome já o diz, é de origem do Estado de São Paulo. As pelagens mais comuns são a avermelhada, tordilha e baia. Há uma semelhança com o Pega, no que diz respeito à sua aptidão para o trabalho, sendo utilizado tanto para montaria, carga ou tração. Além disso, se assemelha ao Pega, também, no porte físico sendo que além da altura semelhante, ambos apresentam lombo curto e musculoso.